O Poder do Marketing Orgânico: Estratégias, Impacto e Dicas para o Sucesso

Hello hello, meu poooovoooo!!! Já quero começar confessando que, houve um momento na minha trajetória em que eu não dei o devido valor para o marketing orgânico… e esse foi um dos maiores erros que eu poderia ter cometido ao longo da minha jornada.

No cenário atual do marketing, a busca por estratégias autênticas e genuínas tem se tornado cada vez mais relevante… todo o foco acaba se voltando para abordagens mais fluidas, aquela famosa “publicidade sem cara de publicidade” sabe? Hahah e essa prática tende a ser cada vez mais adotada pelas empresas, pois existe uma identificação muito maior do público e as chances de propagação são ainda maiores.

Mas afinal, o que é Marketing Orgânico?

De um jeitinho beeemmmm resumido, o marketing orgânico se concentra em atrair e envolver o público final por meio de um conteúdo relevante, compartilhável e autêntico. Em comparação com o marketing pago, onde envolve a compra de espaços/ações publicitárias, o marketing orgânico se baseia na criação de valor por meio de conteúdo que ressoa com a audiência de forma natural, sem depender de investimentos em publicidade direta… quando colocamos lado a lado com o marketing digital, parece ser mais difícil de se conseguir números, mas quando feita uma construção inteligente e estratégica em cima disso, o valor agregado para a sua marca pode ser incomparável.

Trazendo todo esse cenário para os dias atuais, um exemplo MARAVILHOSO de ser citado é a ação realizado pela Brahma no carnaval de 2024. Além de ser uma marca extremamente estruturada no mercado, a Brahma vem ganhando cada vez mais espaço nos carnavais ao longo dos anos, ganhando o coração de milhares de foliões… mas, não dá pra negar que para você manter esse posto é um desafio bem complexo.

De uma forma inovadora, a marca trouxe mais um case sensacional para sua trajetória: a ação “Folia sem preocupações”. Foi distribuída de forma gratuita um “Brahma Phone” em algumas cidades, incentivando os foliões a deixarem seus celulares em casa e se dedicarem totalmente à celebração… Isso teve um alcance SURREAL!

Além do impacto para o consumidor final de saber que ele pode ganhar um celular, houve uma propagação da ação – de forma orgânica – pois quem recebia aquela informação acabava enviando para um amigo, familiar, cônjuge… e por ai vai!

E qual o truque por trás disso? A Brahma mandou fazer apenas 800 celulares e, desses, somente 400 foram distribuídos de forma 100% gratuita… e quando falamos sobre o Carnaval no Brasil, o número de foliões é algo incomparável: em Salvador, chega a bater mais de 2 milhões de pessoas apenas em um dia de curtição! Fala sério, pouquíssimas campanhas tem o poder de alcançar TANTA GENTE nichada, num momento tão importante para o produto final.

Essas estratégias demonstram como a Brahma entende seu público-alvo e cria campanhas que se conectam com seus valores e interesses, afinal, ao se associar com uma das festas mais populares do Brasil, ela reforça sua imagem como uma marca que valoriza a autenticidade e a celebração.

Por outro lado, precisamos ter muuuuuuito cuidado e estabelecer de fato o objetivo de cada ação que é realizada. O Burger King tem enfrentado uma série de críticas nos últimos dias devido a uma campanha publicitária controversa que envolveu o ator Kid Bengala.

Ao utilizar frases de duplo sentido e alusões ao sexo, a campanha gerou reações negativas especialmente devido ao público predominantemente infantil da marca. Embora tenha gerado um alcance orgânico SURREAL, houve um lado da história que acabou denegrindo a imagem da marca, de certa forma. Essa campanha ressalta os riscos de adotar abordagens sensacionalistas que podem alienar parte da audiência e prejudicar a reputação da marca… por isso a importância de você saber onde quer chegar e os riscos que vai acabar correndo no processo.

Bônus: separei algumas dicas que me ajudam a realizar um bom marketing orgânico:

1. Conheça o seu público-alvo: entenda os interesses, valores e preferências do seu público para criar conteúdo relevante e envolvente, gerando uma conexão sincera entre as partes.

2. Conte histórias autênticas: utilize narrativas genuínas que ressoem com as experiências e emoções do seu público, isso causará uma identificação e ajudará o cliente final a não achar que é apenas alguém tentando te vender algo.

3. Seja consistente: mantenha uma presença ativa e consistente nas plataformas relevantes para o seu público-alvo, dessa forma você sempre será lembrado quando houver uma necessidade em uma das partes!

4. Encoraje a participação: incentive a interação e o compartilhamento de conteúdo entre os seguidores, promovendo um senso de comunidade em torno da sua marca… isso fará toda a diferença!

5. Monitore e adapte: esteja atento aos feedbacks e métricas de desempenho, ajustando suas estratégias conforme necessário para maximizar o impacto. Não espere a campanha finalizar para recalcular a rota, isso pode ser feito no meio do caminho casa sinta que é necessário.

Em suma, o marketing orgânico oferece às marcas a oportunidade de construir relacionamentos duradouros e criando valor por meio da mensagem que é passada.

E aí, curtiu? Então caaaaaalma que já já eu volto com mais dicas para vocês!

Sobre Izabel Filocri 40 Artigos
Uma jovem marketeira mãe de pets que vai trazer uma pitada de criatividade e descontração para o seu dia. Vou te mostrar aos poucos que conquistar o mercado de trabalho não precisa ser uma jornada séria e entediante :)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*