MusicLM – A IA de musicas da Google

Em tempos que o chat GPT estourou, usuários de diversos locais do mundo estão usando a ferramenta para diversas coisas, entre elas ate mesmo a elaboração de TCCS de curso de graduação, mestrados e até auxilio em teses de doutorado. Porém, não foi apenas o chat GPT que vem ganhando espaço nos últimos dias, e sim surgindo também a MusicLM, a IA da Google que faz músicas.

               É claro que a Google sempre vem inovando, e não ia ficar para trás nesse momento, por isso está treinando a MusicLM para revolucionar o mundo da música, seja positivamente ou negativamente.

Como funciona:

               A ferramenta recebeu mais de 280 mil horas de músicas como treinamento, e é capaz de criar músicas e melodias apenas com pequenas palavras. Basta inserir na ferramenta uma frase, ou um esboço de música, ela será responsável por criar uma música inteira usando apenas a frase que você  colocou,  com melodias diversas e até mesmo sons nunca ouvidos em outras músicas.

               A Google ainda não disponibilizou a ferramenta para uso público, está testando apenas em uma pequena base de usuários sortudos, que estão brincando em ser compositores.

               A própria Google assumiu que ainda existe um problema nesse modelo de criação de música, pois a ferramenta em testes ainda apresenta problemas de composições, vocais estranhos e uma grande quantidade de musicas repetidas, o que pode gerar problemas de direitos autorais, e uma gama de musicas com o mesmo sentido.

               Bom, vamos aguardar agora a etapa final de testes, para descobrir se a ferramenta será ou não libera ao público, e como irá funcionar esse novo modelo de IA.

               Abraços e até o próximo post !

Sobre Bianca Dezorzi 84 Artigos
Pós Graduada em Gestão de T.I, estou sempre aprendendo e consumindo conteúdos de Gestão. Atualmente sou Customer Success Manager na BNP e coordeno uma poderosa Central de Serviços. E nas horas vagas? Amo passear na natureza com meus cachorrinhos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*