Por que as startups optam pela nuvem ?

Muitos investidores definem startup como uma empresa inovadora e com baixo custo de manutenção, capaz de crescer rapidamente e gerar lucros elevados.

Para ficar mais claro, pense no surgimento da Netflix ou da Nubank, por exemplo. Ambas são empresas não convencionais que poderiam dar muito errado em semanas ou arrecadar fortunas. Este é exatamente o caso da Netflix que no ano de 2021 informou receita de US$ 30 bilhões, um crescimento de 19% em relação ao ano anterior.

Para entendermos melhor, neste artigo vamos falar sobre:

  • O que é computação em nuvem?
  • Por que as startups optam por nascer em nuvem?

O que é computação em nuvem?

Em um breve resumo a computação em nuvem possibilita uma maior facilidade no fornecimento de serviços de computação, incluindo, armazenamento, servidores, banco de dados, rede, software, entre outros serviços. Oferecendo inovações mais rápidas recursos mais flexíveis com maior economia em escala.

Uma das vantagens da nuvem, é pagar apenas pelos serviços utilizados. Este fator é primordial para a redução do custo operacional nos serviços.

A computação em nuvem vem revolucionando a forma com que as empresas pensam e operam, especialmente, quando falamos de startups. Muitas startups optam por adotar esse modelo, já que, conseguem crescer e inovar rapidamente com um baixo custo operacional e com o suporte contínuo de uma infraestrutura altamente segura, ágil e flexível.

Por que as startups optam pela nuvem?

As startups optam por nascer em nuvem devido a algumas vantagens, incluindo escalabilidade, flexibilidade, economia de custos e agilidade. A nuvem permite que as startups escalem facilmente sua infraestrutura de acordo com suas necessidades crescentes, sem a necessidade de investir em hardware caro e manutenção.

Empresas que são nativas em nuvem, como a Netflix, por exemplo, tornam- se gigantes quando falamos do consumo sob demanda. O principal ponto para esse fator é o aprimoramento das tecnologias nativas da nuvem, o que faz, com que os produtos e serviços alcancem altos níveis de agilidade, produtividade, escalabilidade, confiabilidade com custos mais baixos. A nuvem faz com que essas empresas se tornem sem fronteiras quase que literalmente, visto que, no gerenciamento de DNS, DHCP e endereço IP automatizam coletivamente a conectividade da rede.

Como a maioria das startups já nascem de pequenos investimentos, a nuvem se torna uma vantagem, pois, permite com que essas empresas cresçam com baixo custo, pagando apenas pelos recursos consumidos, com acesso a um poder ilimitado de processamento.

Operar com um baixo custo, não significa operar com baixa funcionalidade, uma startup operando em nuvem tem acesso aos mesmos recursos que estão disponíveis para empresas de grande porte, isso ajuda, pequenas empresas se manterem tão competitivas quanto as empresas de grande porte.

Nesse sentido, os benefícios como maior velocidade e escalabilidade nos serviços de computação, alta produtividade por não exigirem pilhas de equipamentos e maior desempenho e segurança, estão entre as vantagens para que as startups optem por nascer em nuvem.

Houve um tempo em que investir em computação em nuvem era uma opção. Hoje o cenário é diferente. Utilizar a tecnologia a favor da empresa para maior eficiência e lucratividade tornou-se um requisito para sobreviver em um mercado competitivo.

Sobre Janaina Valim 65 Artigos
Como Analista de Dados, minha paixão é desvendar insights valiosos e transformá-los em estratégias de sucesso. Constantemente em busca de novos conhecimentos, minha jornada vai além das planilhas e gráficos. Fora do mundo dos dados, sou uma apreciadora entusiasta de vinhos e cervejas, sempre em busca de novos sabores e experiências.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*