Diferença entre Backup e ASR

Quando o assunto é ter uma cópia dos dados para caso algo aconteça com seu servidor, o assunto mais abordado e muito mais conhecido, é o Backup. Mas e o ASR, você já ouviu falar? Sabe o que significa esse serviço que pode te ajudar muito em um momento de desastre local? Se a sua resposta for não, ou talvez, continue comigo nesse post que irei lhe explicar a diferença entre cada um.

                Como todos sabem, backup é uma cópia dos seu ambiente executada uma única vez por dia, ou várias vezes ao dia. O que muda aqui é o impacto daquela perda de dados. Caso você possua banco de dados, seu ambiente terá um backup com maior frequência, normalmente a cada 2 horas ou mais, o que depende também do impacto que um backup durante o dia pode afetar sua empresa. Existem bancos de dados que um backup a cada uma hora não gera problema e nem afeta ninguém, já em outros casos, a aplicação costuma gerar lentidão na execução, por isso ele fica apenas em algum período determinado.

                Um outro ponto que é preciso levar em consideração também durante a definição de uma rotina de backup, é o RTO e o RPO. Aqui será definido quanto tempo você aceitaria perder aquela informação. Meu colega já fez um post sobre isso a algum tempo atras, então caso queiram saber mais, aqui está o link.

                Já o ASR é o serviço de continuidade de negócios, responsavel por deixar seu ambiente funcionando em caso de desastre local. Ele é responsavel por replicar seus servidores na nuvem a cada 5 minutos. Imagine o cenário de alagamento em seu CPD. Os servidores não ligam, pois, a água entrou no gabinete e danificou toda a sua estrutura. Você possui uma storage com backup local e uma caixa de armazenamento em Cloud. Nesse cenário seus dados estão disponíveis para restauração, mas voltando no RTO e RPO, você precisaria ficar “X “horas com sua empresa parada aguardando a restauração.

                Nesse momento que é aplicado o ASR na prática. Como mencionei lá em cima, seu ambiente está replicado em nuvem a cada 5 minutos. Seu servidor apresentou problema as 03:00 Am, quando seu CPD alagou. A última sincronização está por volta de 02:57 am. A restauração do seu backup de banco feito as 12:00 AM, duraria 5 horas para ser feita, pois tudo virá da nuvem, sem contar seus outros servidores que terão que ser restaurados. Nesse caso é possível acionar o ASR. Após alguns ajustes técnicos de apontamento, seu ambiente em nuvem é acionado, e sua empresa continua trabalhando através da nuvem.  Para o usuário final nada de diferente é percebido, ele continuará trabalhando como se o ambiente estivesse local.

                Depois da correção do seu ambiente local, já é possível voltar toda a sua operação localmente, e continuar com o funcionamento das atividades, como se nada tivesse acontecido.

                Spooler: Normalmente quem experimenta o gosto da nuvem, não quer mais ficar local rs.

                  Um outro ponto que gera muita dúvida. O serviço de ASR substitui meu backup? A resposta é não. O backup é uma garantia que você terá seus dados em caso de necessidade, tanto para um desastre, como um arquivo importante deletado sem querer. Já o ASR de traz o sossego de continuar de onde você parou.

Sobre Bianca Dezorzi 92 Artigos
Pós Graduada em Gestão de T.I, estou sempre aprendendo e consumindo conteúdos de Gestão. Atualmente sou Customer Success Manager na BNP e coordeno uma poderosa Central de Serviços. E nas horas vagas? Amo passear na natureza com meus cachorrinhos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*