Redes WiFi – O que é DFS?

Ao se configurar uma rede WiFi, seja ela indoor ou outdoor, temos de de selecionar o melhor canal de comunicação a fim de se obter um resultado satisfatório do projeto. Com isso, muita vezes nos deparamos com canais livres no espectro de 5 Ghz, canais esses conhecidos como DFS (Dynamic Frequency Selection), que acabam nos seduzindo a configurar nossos rádios nessas frequências. Mas por que estes canais ficam livres, não podemos utiliza-los?

A faixa de canais DFS fica entre os canais 52 e o 144 (UNII-2 e UNII-2e), e devido a pouca utilização desta faixa, nos sentimos inclinados em configurar nossos roteadores ali, para se obter um melhor desempenho aliado a uma alta velocidade.

Espectro de 5 Ghz

Mas se estes canais estão livres e nos entregam uma velocidade maior do que a de um canal concorrido, por que devemos evita-los?

As redes WiFi são divididas em dois segmentos sendo eles: Primário (Sistemas de Rádio, Navegação aérea e Sistema Meteorológico) e o Secundário (Redes WiFi residenciais e coorporativas, indoor e outdoor). Estes segmentos são regulados diretamente pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que determina que as redes secundárias não podem interferir nas primárias, onde estas utilizam especificamente esta faixa de canais (entre o 52 e o 144).

Selecionando estes canais em nossos roteadores, o serviço de DFS irá consultar periodicamente se existe algum dispositivo de rede primária solicitando acesso à rede DFS, e ao encontrar alguma solicitação, automaticamente irá desalocar o canal selecionado o jogando para uma faixa aleatória fora do DFS, onde este não poderá ser selecionado por um período mínimo de 30 minutos, tudo isso regulamentado pela Anatel.

Com isso em mente fica a pergunta, devemos ou não utilizar a faixa DFS?

A resposta ideal é….

DEPENDE!

Em áreas que não possuem rádios primários próximos concorrendo com os secundários, podemos fazer uso desta faixa, pois não haverão tantas interferências.

Em casos nos quais existe interferência de redes primária, mas se ganha alta performance de transferência de dados na faixa DFS que não pode se obter em outros canais devido a concorrência, podemos configurar sim os canais no DFS, mas tendo em mente que, a qualquer momento o sinal poderá ser degradado devido a troca automática de canais.

Não é uma prática recomendada, mas tudo isso pode ser identificado com um Site Survey (Processo de Planejamento de uma Rede Wireless), levantando os prós e contras de todas a configuração do projeto.

Sobre Jhonathan Chaves 67 Artigos
Amante de novas tecnologias, apaixonado pela família e louco pelo Corinthians.

1 Trackback / Pingback

  1. Redes WiFi – Qual o melhor canal de WiFi para sua casa/empresa? - 4Future

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*