ANALISE DE DADOS: TIPOS, METODOLOGIAS E TECNICAS

A análise de dados é uma metodologia usada para extrair informações úteis e relevantes a partir de um conjunto de dados. Essa técnica é utilizada em diversas áreas, como finanças, saúde, marketing, tecnologia, entre outras, para tomar decisões mais assertivas e embasadas em dados concretos. Neste artigo, serão apresentados os tipos de análise de dados, bem como as técnicas mais utilizadas para aplicá-las.

Metodologia da analise de dados

A análise de dados é um processo que envolve várias etapas, desde a formulação da pergunta até a apresentação dos resultados. Uma metodologia eficiente para análise de dados pode ajudar a garantir que os resultados obtidos sejam precisos e confiáveis. Neste contexto, as três primeiras etapas são a definição da pergunta, coleta de dados e limpeza dos dados, que vamos explicar a seguir:

Definição da pergunta: A primeira etapa para a análise de dados é definir a pergunta que você quer responder. Isso envolve identificar o objetivo da análise e as informações que você deseja obter. É importante que a pergunta seja clara e objetiva para garantir que você colete os dados certos e faça a análise correta.

Coleta de dados: Depois de definir a pergunta, o próximo passo é coletar os dados. Existem várias maneiras de coletar dados, como pesquisas, entrevistas, observações, dados secundários, entre outros. É importante garantir que os dados sejam coletados de maneira sistemática e padronizada para garantir que sejam precisos e confiáveis. Além disso, você deve garantir que os dados coletados sejam relevantes para a pergunta que você deseja responder.

Limpeza dos dados: Depois de coletar os dados, a próxima etapa é limpar os dados. Isso envolve a identificação e correção de erros, remoção de dados duplicados ou incompletos, transformação de dados para torná-los compatíveis com a análise, entre outras tarefas. É importante garantir que os dados sejam limpos para garantir que a análise seja precisa e confiável.

Tipos de Análise de Dados

Análise Descritiva: A análise descritiva é o tipo mais básico de análise de dados. Ele é usado para descrever e resumir dados de maneira concisa e fácil de entender. A análise descritiva é apropriada quando o objetivo é simplesmente entender as características básicas dos dados, incluindo a média, mediana, desvio padrão e percentis.

A análise descritiva é muito útil na identificação de possíveis anomalias e na exploração da variabilidade dos dados. Por exemplo, na análise de dados de vendas, a análise descritiva pode ser usada para identificar quais produtos vendem mais, qual é a média de vendas em determinado período de tempo e quais são os clientes mais frequentes. A análise descritiva é fundamental para a compreensão dos dados, especialmente antes de se passar para análises mais complexas.

Análise Diagnóstica: A análise diagnóstica é usada para entender as causas de eventos ou resultados específicos. A análise diagnóstica é usada para determinar o que levou a um determinado resultado, identificando os fatores que o afetaram. É comumente usado em setores como saúde e ciências sociais, onde o objetivo é entender os fatores que afetam o resultado de um determinado tratamento ou políticas.

Por exemplo, em um estudo médico que avalia a eficácia de um medicamento em pacientes com determinada doença, a análise diagnóstica pode ser usada para determinar se há algum fator que contribua para o sucesso ou falha do medicamento, como idade, sexo, histórico médico, entre outros.

Análise Preditiva: A análise preditiva é usada para fazer previsões sobre eventos futuros com base em dados históricos. A análise preditiva é baseada em modelos estatísticos e algoritmos de aprendizado de máquina, que usam dados históricos para prever o que acontecerá no futuro. A análise preditiva é comumente usada em áreas como finanças, marketing e produção.

Por exemplo, na análise de dados de vendas, a análise preditiva pode ser usada para prever a quantidade de vendas que ocorrerão em um determinado período de tempo. Isso pode ajudar as empresas a se planejarem com antecedência e a tomar decisões informadas sobre estoque, produção e marketing.

Análise Prescritiva: A análise prescritiva é usada para determinar qual a melhor ação a ser tomada em um determinado cenário. A análise prescritiva é baseada em modelos matemáticos e de otimização que determinam a melhor solução para um problema específico. A análise prescritiva é comumente usada em áreas como finanças, logística e produção.

Por exemplo, em uma empresa de logística que precisa determinar a melhor rota para entrega de mercadorias.

Técnicas de Análise de Dados

Existem diversas técnicas utilizadas para a análise de dados. A seguir, serão apresentadas as principais:

Regressão Linear: A regressão linear é uma técnica utilizada na análise preditiva, que consiste em encontrar uma relação linear entre duas variáveis. Essa relação é usada para prever valores futuros de uma das variáveis com base nos valores da outra variável. Essa técnica é amplamente utilizada em áreas como finanças e marketing, para prever vendas, receitas, entre outros.

Clusterização: A clusterização é uma técnica utilizada na análise descritiva e preditiva, que consiste em agrupar conjuntos de dados com base em suas características similares. Essa técnica é muito utilizada em áreas como marketing e saúde, para segmentar os clientes ou pacientes de acordo com suas características e preferências.

Análise de Séries Temporais: A análise de séries temporais é uma técnica utilizada na análise preditiva, que consiste em prever valores futuros com base em valores passados. Essa técnica é muito utilizada em áreas como finanças, para prever tendências de mercado e comportamento de preços.

Árvore de Decisão: A árvore de decisão é uma técnica utilizada na análise diagnóstica e prescritiva, que consiste em criar um modelo hierárquico de decisão com base nas características dos dados. Essa técnica é muito utilizada em áreas como saúde, para determinar o diagnóstico de uma doença com base nos sintomas apresentados.

A análise de dados é uma técnica fundamental para tomada de decisão em diversas áreas. Com a utilização das técnicas apresentadas neste artigo, é possível extrair informações úteis e relevantes a partir de um conjunto de dados. É importante ressaltar que a escolha da técnica adequada depende do objetivo e do contexto do problema a ser resolvido.

Sobre Janaina Valim 82 Artigos
Como Analista de Dados, minha paixão é desvendar insights valiosos e transformá-los em estratégias de sucesso. Constantemente em busca de novos conhecimentos, minha jornada vai além das planilhas e gráficos. Fora do mundo dos dados, sou uma apreciadora entusiasta de vinhos e cervejas, sempre em busca de novos sabores e experiências.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*